segunda-feira, setembro 17, 2007

Factores de natureza R.


Nunca mais esqueço uma noite quando a R. tinha entre 2 e 3 anos. Ela estava muito constipada e acordava várias vezes com a tosse. Numa dessas vezes, ainda estava escuro, acordámos com ela irritadíssima sentada na cama, com o indicador em riste a dizer bem alto:

- Vai-te embora "toche", deixa a Ritinha!!! "Oubiste"? VAI-TE EMBORA "TOCHE"!


Hoje veio da escola com gripe e assim que chegamos a casa, fui preparar-lhe um lanchinho. Enquanto isso, ficou deitada no sofá a ver televisão. E por muito tempo que passe, há coisas que não mudam. Ela julga que controla os factores da Natureza. E ontem, de indicador novamente em riste, dizia:

- Eu posso estar com o nariz a pingar, pode até doer-me a cabeça e os meus olhos estarem todos molhados, mas se tu pensas que eu vou ter febre ... ESTÁS MUITO ENGANADA GRIPE!!!!

7 comentários:

papoila menina disse...

E acho que a Rita tem razão... quando queremos muito uma coisa acabamos por levar a nossa avante!! Esta miúda vai longe... :)

PozinhosMagicos disse...

Lindo!!! as melhoras da menina. bjs

macati disse...

deixa... é assim que se aprende a ter confiança em si própria e ela é uma lutadora! força, miúda!
:)
colar lindo mais uma vez!

Na Lua da Alice disse...

Eu adoro a Rita. Ela tem saídas fantásticas realmente. Divirto-me sempre a ler as travessuras e conversas de crescido dela.

Claudia disse...

uau...que rapariguita fantástica!! =)

Edna Araújo disse...

"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.
Caminhando e semeando, no fim terás o que colher."
(Cora Coralina)
Adorei as novidades!
Bom final de semana.
Edna Araújo

Cor de Mel disse...

Eu também acho que a Ritinha tem razão...
A mente tem muito poder e com um dedo em riste, tem ainda mais poder!!!
Amei o post e o colar, sem palavras, simplesmente magnífico.
Beijinhos e bom fim de semana,
Lia.