domingo, outubro 14, 2007

Trabalho de fim-de-semana


Uma carteira (mala) e três pregadeiras foi tudo o que consegui entre por roupa a lavar, roupa a secar, uma ida à baixa de comboio com a R. , almoços, lanches e jantares e muitas birras.
Não só de sono, birras generalizadas e até propositadas a reclamar atenção.
.
Ficou envergonhada comigo, porque dei um iogurte a um pedinte em vez de dinheiro:
.
- Tu não estás bem mamã! Não vês que ele queria dinheiro?
- Ele queria dinheiro para comprar comida!
.
- Como é que sabes, mamã?
- Porque se tivesse dinheiro para comprar comida não andava a pedir na rua. E a mamã não dá dinheiro, dá sempre comida!
.
- Que vergonha! Ele não pediu iogurte, PEDIU DINHEIRO! ... que vergonha.

4 comentários:

Eduardo Costa disse...

Não se deve ter vergonha disso!!!(comentando a postagem) é o melhor ke se faz!!!!
Agora: fui informado ke a menina é uma das organizadoras da feira da belavista. Ora, já mandei mails e recados mas até agora nada, poderá a menina informar-me? obrigada e um beijinho Edu
www.noivas-arte.blogspot.com

Carla disse...

Foi um fim-de-semana muito movimentado!
As pregadeiras ficaram muito ternas.
Mais uma lição para a Ritinha, vergonha agora, mas que a fará pensar mais tarde. Concordo plenamente.

lagartinha disse...

ESTÃO LINDAS CARLA!!!!!
BJOCAS GRANDES
LAGARTINHA

Cor de Mel disse...

Os trabalhos, apesar de não serem muitos estão divinos, como sempre. Quanto às birras da R., amiga como te entendo...
às vezes dá um desespero e uma vontade de perder a cabeça...
Claro que aos pedintes só se dá comida. Eu sou como tu, se está a pedir, tem fome, se tem fome, dá-se-lhes de comer e mais nada!!!
Beijinhos, Lia.