domingo, setembro 20, 2009

... Mima bebés





A Birra de Sono Mima bebés.

Quando a R. nasceu procurei algumas coisas para bebés que foram difíceis ou até mesmo impossíveis de encontrar. Lembro-me que na altura, fiz com a ajuda da minha mãe alguns cueiros e malhinhas muito simples e confortáveis que fizeram as delícias de quem pegava nela. Alguns eram modelos idênticos aos que eu usei quando nasci.

E, se nos tempos que correm, tenho às vezes dificuldade em encontrar os materiais que quero, imagino que há 37 anos atrás não fosse nada fácil. O que é certo, é que vendo o enxoval que eu usei quando nasci (ou o que resta dele), só posso pensar que foi todo ele feito com muito carinho, muita ternura, muito amor e muito mimo.

As primeiras roupinhas da R. foram inspiradas nas minhas e esta inspiração mantém-se sempre que faço alguma peça para oferecer a um bebé que vai nascer.

Desta feita, fiz o primeiro cueiro Birra de Sono para mimar uma bebé que ainda não nasceu.

Adorei todo o processo, desde a compra dos materiais até à elaboração da embalagem. Queria que o embrulho tivesse aspecto de Mimo. Quanto ao cueiro em si, foi 100% costurado e bordado à mão. Nem um único ponto de máquina.

6 comentários:

Mané disse...

feito com as tuas mãos de carinho e materiais de ternura, o bébé que vestir estas roupinhas vai estar vestidinho de aconchego e doçura.

Arte da Luluzinha disse...

Que encanto!
Quando se faz com carinho e dedicação o resultado é sempre bom.
Beijinhos

Elsa Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elsa Fernandes disse...

Esta roupinha está quase, quase a mimar a bebé para quem foi pensada com tanto carinho. Tenho a certeza, como diz a Mané, que vai ficar vestidinha de ternura e aconchego.

flor-de-vento disse...

tão delicadas!!! adoro!

Paula Costa disse...

E ficou vestidinha com muita ternura.

Adorei o presente, era e continua a ser lindo.

Guardei tudo, a etiqueta e o embrulho, pois não só o seu recheio mas também a embalagem eram de uma delicadeza que ira ficar sempre guardada com as recordações da M.
Beijinhos e Obrigado E. pela oferta.