sábado, agosto 04, 2007

... de malas aviadas

Uma vez, quando tinha 3 anos a R. preparou uma saída de casa depois de se ter portado mal e feito uma birra. Na altura, a preocupapação dela foi a comida. Pegou num saco de plástico e foi várias vezes ao frigorífico buscar cenouras, nabos e couve. Acrescentou batatas e cebola. Depois de malas aviadas disse que se ia embora cá de casa. Disse para não nos preocuparmos porque levava ingredientes para fazer "sopinha"!

Ontem, também fez as malas.
Não porque estivesse zangada, mas porque está ansiosa para ir ter com os avós à Bemposta. Desta vez a preocupação dela não foi a sopa mas sim os brinquedos e os livros para se entreter na serra. Utilizou todos os sacos e malinhas com bolsinhas que encontrou para guardar as coisas por categorias.
No final queria adormecer para que a noite passasse com rapidez. Foi tão estranho ouvir isto da boca da minha filha!

Enquanto andou nesta azáfama com os preparativos, eu deliciei-me a ler "O Crafty Tour do Porto", reportagem da revista Viva + do JN.

Adorei os textos, as fotos e acima de tudo adorei ler as "histórias de quem meteu mãos à obra", porque por estranho que pareça, estava a ler o que já sabia! ... são amigas destas andanças: Papoila Menina, Catrela e Mané Pupo.

4 comentários:

papoila menina disse...

:)) beijooos!!!

Marta Figueroa disse...

:) :) :)

isabel disse...

É extraordinária a força destes projectos. Também lá fui ver e gostei muito!!!

Mara disse...

As crianças são maravilhosas... ;)))))